Educação financeira aos pequenos: quando começar? Por Eliane Jaqueline

Você já pensou que também precisa se preocupar com a educação financeira do seu filho?

Que o futuro dele depende disso também?

Hoje a amiga, Coach Financeira e mãe de dois lindos príncipes nos ensina quando devemos começar a pensar nisso. Ela também tem um livro já publicado na área financeira que me ajudou e me ajuda muito. Entre na fã page dela e aproveite as dicas: Finanças na Prática 

Jaque, como já te disse é uma imensa honra contar com o seu texto no nosso blog. 

O Sabor Materno agradece a sua valiosa contribuição.

Boa leitura gente!

Beijos,

Cris Caldeira

Quando ensinar o seu filho a lidar com o dinheiro?

Quando ensinar o seu filho a lidar com o dinheiro?

Educação financeira aos pequenos: quando começar?

Sabe aquela birra da criança que se joga no chão porque quer alguma coisa? Ou os pais que dão o que a criança pede para que isso não aconteça? Você sabia que a criança está testando os seus limites? E que a inteligência emocional e até financeira depende de como lidamos com estas situações?

Google Imagens

Google Imagens

Mesmo que haja condições financeiras de atender aos pedidos dos pequenos, estabelecer limites é de suma importância para que nossos filhos se desenvolvam de forma equilibrada e saudável. Veja algumas dicas de como agir nestes casos:

  1. Supermercado: faça acordos, por exemplo, a criança pode escolher um item. Quando quiser outro, pergunte: qual destes dois você quer? Pode escolher um.
  2. Brinquedos: estabeleça datas e valor. Assim a criança fica “namorando” o brinquedo, e quando chegar o dia esperado, vai valorizar muito mais.
  3. Lanches: negocie antes de sair de casa o que pode ser consumido no passeio ou na saída da escola (pipoca, picolé) e a periodicidade (Ex.: duas vezes por semana).
Google Imagens

Google Imagens

Uma forma muito bacana de aprendizado é a semanada. A partir dos 4 anos, a criança já tem noção numérica e aritmética. Estipule um valor que você costuma gastar com adicionais. Ensine seu filho a administrar este valor, que se gasta tudo num dia, não haverá no outro. No começo a criança vai errar, o que faz parte do aprendizado. Por isso, necessidades básicas devem ser deixadas de fora, como o lanche da escola.

Esta postura fará com que a criança aprenda desde cedo noções de consumo consciente, o que é um ato ecológico e que vai agregar em muito, tanto na sua formação de forma geral, como principalmente em sua educação financeira!

Eliane Jaqueline D. Metzner

Coach Financeira e mãe do Érico e do Artur.

foto criancas

livro

Anúncios

2 comentários sobre “Educação financeira aos pequenos: quando começar? Por Eliane Jaqueline

  1. Parabéns Jaque.
    Como sempre tem uma lição para compartilhar.
    Tenho também uma mocinha de 3 anos e já preciso trabalhar estes conceitos.
    Frete abraço.

    Curtir

  2. Pingback: Educação financeira aos pequenos: quando começar? – Finanças na Prática

O Sabor Materno adoraria conversar com você. Deixe sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s